Operação Lava Jato

"Meninos da Lava Jato" têm responsabilidade pela morte de Marisa, diz Lula

Mirthyani Bezerra

Do UOL, em São Paulo

Durante sua passagem pelo município de Currais Novos, no interior do Rio Grande do Norte, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a fazer duras críticas aos responsáveis pela Operação Lava Jato. Sem citar nomes, Lula disse, na manhã desta segunda-feira (28), que os "meninos da Operação Lava Jato" tiveram responsabilidade na morte da sua mulher, Marisa Letícia Lula da Silva, ocorrida no começo deste ano.

"Esses meninos da Operação Lava Jato têm responsabilidade com a morte dela, porque você não pode dedicar uma vida inteira a cuidar de filho, a fazer política, solidariedade, e de repente, da forma mais banal possível, mais cretina possível, você ser tachada de corrupta. Não tem explicação", afirmou o ex-presidente durante entrevista à rádio 95.1 FM, de Currais Novos, no Rio Grande do Norte.

A ex-primeira dama morreu em fevereiro deste ano após sofrer um AVC (acidente vascular cerebral). Ela era ré em uma ação penal, junto com o marido, na Operação Lava Jato. Ambos respondiam pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em contratos firmados entre a Petrobras e a Odebrecht. Durante o seu velório, Lula chamou de"facínoras" aqueles que "levantaram leviandades" contra a mulher.

As acusações contra ela foram extintas pelo juiz federal Sergio Moro em março deste ano. A defesa da ex-primeira-dama havia requerido à Justiça Federal no Paraná que ela fosse absolvida sumariamente em função da sua morte. Mas Moro declarou apenas a extinção de punibilidade de Marisa Letícia, decisão que não traz qualquer consideração quanto à culpa ou inocência da ex-primeira-dama.

O MPF (Ministério Público Federal), por meio de sua assessoria de imprensa, informou que não irá se manifestar sobre a declaração do ex-presidente.

Durante toda a passagem da sua caravana pelo Nordeste, iniciada no dia 17 de agosto, Lula tem evitado falar o juiz federal Sergio Moro nos palanques, mas não poupou críticas à Lava Jato.

No último sábado (28), o ex-presidente fez o discurso mais duro da caravana sobre a operação, chamando os integrantes da força-tarefa de "canalhas". "Já tenho 20 horas gravadas de Jornal Nacional; dezenas de capas de revistas; já tenho dezenas, dezenas, centenas de páginas de jornais, entrevistas de rádio, e, até agora, nenhum canalha teve coragem de dizer que teve uma coisa errada na minha vida", disse.

O ex-presidente é réu em seis processos, tendo sido já condenado em primeira instância em um deles no âmbito da Lava Jato, acusado de ter recebido benefício ilícito por meio de um apartamento tríplex, em um condomínio no Guarujá (SP).

O processo chegou em tempo recorde ao TRF (Tribunal Regional Federal) da 4ª Região, em Porto Alegre. Foram 42 dias, desde a sentença do juiz Sergio Moro, em julho, até o início da tramitação do recurso na segunda instância, na quarta passada (23).

Durante a entrevista à rádio no RN, Lula disse ainda que era muito difícil construir o que foi construído pelos governos do PT e depois ver que "meia dúzia de meninos" tentam destruir isso. "É muito difícil construir o que construímos nesse país para depois ver meia dúzia de meninos que o único serviço prestado à nação foi ter feito um concurso, tentar destruir tudo isso. Se eles estão acostumados a mexer com político corrupto que enfia o rabo no meio das pernas e fica quieto, comigo eles vão ter que provar", afirmou.

Esse é o sexto Estado do Nordeste que Lula visita durante a caravana. O ex-presidente já passou pela Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba e, do Rio Grande do Norte, segue para o Ceará. A previsão é que a sua passagem pela região termine no Maranhão no dia 7 de setembro. 

"Marisa morreu triste", diz Lula em velório da ex-primeira-dama

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos