PUBLICIDADE
Topo

Política

Deputada Carla Zambelli é submetida a cirurgia e fica afastada por 15 dias

Carla Zambelli (PSL-SP) foi internada na quarta-feira (25) e passou por uma cirurgia no útero - Michel Jesus/ Câmara dos Deputados
Carla Zambelli (PSL-SP) foi internada na quarta-feira (25) e passou por uma cirurgia no útero Imagem: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

Do UOL, em São Paulo

28/11/2020 17h43Atualizada em 28/11/2020 18h14

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) foi internada na última quarta-feira (25) no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para tratamento laparoscópico de endometriose profunda e adenomiose uterina, diagnosticadas em agosto.

Segundo informações passadas pela assessoria da deputada, Zambelli ficará afastada de suas atividades parlamentares por 15 dias para tratamento e recuperação. A cirurgia foi realizada pelo Dr. Maurício Abrão e o tratamento clínico é coordenado pela Dra. Ludhmila Hajjar.

Zambelli é uma das principais apoiadoras do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Após o primeiro turno das eleições, em sua conta no Twitter, Zambelli voltou a fazer insinuações, sem provas, contra as urnas eletrônicas. Em uma postagem na qual fazia um pedido por "justiça divina", deixou uma hashtag em defesa da volta do voto impresso.

Alguns familiares da deputada federal tentaram se eleger durante as eleições deste ano, mas não conseguiram.

Em São Paulo, o seu irmão, Bruno Zambelli, se candidatou para vereador pelo PRTB. Conseguiu apenas 12.302 votos, ou 0,24%, número insuficiente para conquistar uma cadeira na Câmara Municipal.

Também derrotado, o pai, João Hélio Salgado (Patriota), tentou uma vaga como vice-prefeito em Mairiporã, cidade localizada na Região Metropolitana de São Paulo. Ao lado de Major Paulo (Patriota), a chapa alcançou apenas 9,83% —o eleito, neste caso, foi Aladim (PSDB).

"A nossa chapa em Mairiporã está em terceiro e assim deve ser o resultado final. O atual prefeito e o que está na frente gastaram milhões [de reais] do fundo eleitoral, do seu dinheiro. Nós gastamos menos de R$ 100 mil", declarou Zambelli ao justificar a derrota.

Política