PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Bolsonaro diz que pedido de CPI será na 2ª: 'Vamos pra dentro da Petrobras'

Do UOL, em São Paulo

18/06/2022 14h17

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que seus aliados devem pedir a abertura de uma nova CPI (comissão parlamentar de inquérito) relacionada à Petrobras na próxima segunda-feira (20) na Câmara dos Deputados.

"Conversei ontem com o líder da Câmara para a gente abrir uma CPI segunda-feira. Vamos para dentro da Petrobras", disse. "É inadmissível, com uma crise mundial, a Petrobras se gabar dos lucros que tem", acrescentou.

As declarações foram dadas pelo presidente durante o Ato de Unção Apostólica do Ministério Restauração. O evento aconteceu em Manaus (AM), no começo da tarde deste sábado.

Petrobras anunciou reajustes

Nesta sexta-feira (17), a Petrobras anunciou reajustes de 5,2% no preço da gasolina e de 14,2% no preço do diesel. Os novos valores passam a vigorar a partir deste sábado (18).

No Twitter, o presidente criticou a medida. "O Governo Federal como acionista é contra qualquer reajuste nos combustíveis, não só pelo exagerado lucro da Petrobras em plena crise mundial, bem como pelo interesse público previsto na Lei das Estatais", afirmou.

Logo após a Petrobras anunciar o reajuste, Bolsonaro disse que já estava em diálogo com com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para abrir a CPI. A proposta ganhou o apoio de alguns políticos da oposição, interessados em averiguar possíveis irregularidades nas trocas no comando da companhia nos últimos anos.

Durante o evento em Manaus, Bolsonaro voltou a comentar supostas irregularidades (nunca comprovadas) na apuração dos votos das eleições de 2018. Segundo o presidente, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) teria informado à Polícia Federal que hackers manipularam dados nos sistemas do tribunal desde março daquele ano.

Procurado pelo UOL, o TSE ainda não se manifestou sobre as declarações. Este texto será atualizado assim que o tribunal enviar seu posicionamento.

Política