Conteúdo publicado há 29 dias
OpiniãoPolítica

Landim: Moraes repete decisões contra bolsonaristas em censura sobre Lira

O ministro Alexandre de Moraes repetiu trechos de decisões para derrubar conteúdos de influenciadores bolsonaristas na mais recente censura, desta vez a favor de Arthur Lira, afirma a colunista do UOL Raquel Landim durante participação no UOL News 2ª Edição desta quarta-feira (19).

Moraes censurou reportagens sobre acusação de agressão feita pela ex-mulher de Arthur Lira, Jullyene Lins. A censura inclui entrevista feita em vídeo pela Folha em 2021.

A questão é complexa porque tem uma decisão judicial absolvendo Arthur Lira da agressão à ex-mulher. (...) Em teoria a difamação não pode ser contínua, mas ela alega que ele só conseguiu ser absolvido porque ele a ameaçou e ela mudou as suas alegações dentro do processo. Raquel Landim, colunista do UOL

A decisão do ministro Alexandre de Moraes envolvendo a retirada da matéria da Folha e demais matérias é muito sucinta. Eu tive acesso à decisão e ela não entra no caso em si, porque ela faz remissão a uma decisão anterior. Queria chamar atenção para um ponto: na decisão, o ministro Alexandre de Moraes repete vários trechos que ele já utilizou em decisões para derrubar conteúdos de influenciadores bolsonaristas. Raquel Landim, colunista do UOL

Raquel Landim descreve os trechos que foram repetidos em decisões anteriores e questiona se deveria se aplicar para esse caso envolvendo a ex-mulher do presidente da Câmara dos Deputados.

Ele repete, por exemplo, aquelas famosas frases dele onde ele fala 'liberdade de expressão não é liberdade de agressão; liberdade de expressão não é liberdade de destruição da democracia, dignidade e honras alheias; liberdade de expressão não é liberdade de propagação de discursos mentirosos, agressivos, de ódio e preconceituosos'. Raquel Landim, colunista do UOL

É essa banalização que a gente vêm alertando do atentado ao Estado Democrático de Direito. Porque aqui estamos falando de um caso específico em que a ex-mulher de Arthur Lira o acusa de a ter agredido e ele nega. Estamos falando de um caso de atentado ao Estado Democrático de Direito para que o ministro Alexandre de Moraes insista em incluir na sua decisão os mesmos termos e pontos que ele coloca de destruição da democracia, das instituições, da dignidade, propagação de discursos e mentiras? Raquel Landim, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Continua após a publicidade

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja a íntegra do programa:

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes