Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/saude/album/2013/01/25/seguir-orientacoes-ajuda-a-evitar-problemas-em-cirurgias-plasticas.htm
  • totalImagens: 12
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130125181154
    • Saúde [11180];
Fotos

Escolher um profissional capacitado é o primeiro passo para não ter problemas em uma cirurgia plástica. A indicação de algum amigo ou parente é útil, mas não dispensa o cuidado com a formação do médico. É preciso escolher um especialista, ou seja, um médico que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). "Isso significa, na prática, que, além dos seis anos de graduação em medicina, o profissional ainda fez dois anos de cirurgia geral, outros três de cirurgia plástica e teve que fazer uma prova para receber o título de especialista", explica o cirurgião José Horácio Aboudib, presidente da SBCP Thinkstock Mais

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), mais de 85% das denúncias sobre cirurgias que chegam aos conselhos regionais de medicina foram feitas por profissionais que não tinham título de especialista. Para saber se o cirurgião que você escolheu é credenciado, faça uma busca no site da SBCP (www.cirurgiaplastica.org.br) Reprodução/Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Mais

Faça perguntas ao cirurgião. Peça para ser informado de todos os riscos associados ao procedimento. No caso da lipoaspiração, as complicações mais comuns na cirurgia são perfuração de órgãos, problemas com a anestesia e tromboembolismo. Além disso, pode haver problemas de cicatrização e assimetrias. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações Shutterstock Mais

Informe-se sobre o hospital ou a clínica onde o procedimento será feito. Há estrutura para atender complicações na cirurgia? É uma instalação credenciada? Thinkstock Mais

Uma equipe cirúrgica é composta de cirurgião, auxiliar, anestesista e instrumentador. Todos esses profissionais são fundamentais para a segurança do procedimento. O pagamento de toda a equipe e a internação em uma clínica ou hospital credenciados impactam no preço. "Se é muito barato, o paciente tem que desconfiar", comenta José Horácio Aboudib, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Thinkstock Mais

Faça todos os exames solicitados pelo médico antes da cirurgia. Siga todas as orientações passadas pelo médico, como tomar determinados remédios, ajustar os medicamentos de uso contínuo, parar de fumar bem antes do procedimento, e evitar o uso de aspirina e outros produtos (mesmo naturais) que podem aumentar o sangramento Shutterstock Mais

Além de fazer todas as perguntas que julgar necessárias ao médico, o paciente deve ser honesto e passar todas as informações possíveis sobre hábitos e histórico médico. Isso inclui também o anestesista, que muitas vezes pergunta sobre uso de drogas e reações conhecidas a medicamentos. "Muitas vezes o uso de cocaína ou anfetamínicos é ocultado do médico e essas substâncias podem gerar reações diferentes à anestesia, ainda que a pessoa não use nada nos dias anteriores à cirurgia", explica José Horácio Aboudib, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Shutterstock Mais

Informe-se sobre os cuidados que devem ser tomados no dia da cirurgia, como a necessidade de ficar em jejum Getty Images Mais

Não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e que fique com você, pelo menos, a primeira noite, após a cirurgia Thinkstock Mais

Se depois da alta você sentir falta de ar, dores no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Se algumas destas complicações ocorrerem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional Thinkstock Mais

É fundamental seguir todas as recomendações no período pós-cirúrgico, como tomar a medicação necessária e usar a cinta modeladora. É importante que as incisões cirúrgicas não sejam sujeitas à força excessiva, à escoriação ou ao movimento durante o período de cicatrização. Por isso, siga as orientações sobre os prazos para voltar a dirigir e realizar atividade física Thinkstock Mais

O inchaço causado pela cirurgia desaparece após alguns meses. Depois disso, o novo contorno corporal será visível. Seguir as recomendações fará com que você mantenha os resultados obtidos inicialmente com a lipoaspiração. Isso inclui manter o peso adequado e adotar um estilo de vida saudável. O ganho de peso pode reverter os resultados Shutterstock Mais

Seguir orientações ajuda a evitar problemas em cirurgias plásticas

Mais álbuns de Ciência e Saúde x

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE UOL SAÚDE

UOL Cursos Online

Todos os cursos