PUBLICIDADE
Topo

Notícias


Notícias

Você é hipocondríaco?

Thinkstock
Imagem: Thinkstock

Se você é do tipo que está sempre às voltas com consultas e exames médicos, além de saber de cor vários nomes de remédios, é bom fazer este teste. Assim, descobrirá se seu comportamento é normal ou preocupante

  1. 220

    Em relação às doenças contagiosas, o que você sente?

  2. 320

    Você se automedica e toma remédios por conta própria?

  3. 520

    É difícil acreditar no médico quando ele sustenta que você está bem e não apresenta nenhum quadro importante de saúde?

  4. 720

    Quantas vezes por mês você passa na farmácia ou drogaria?

  5. 820

    Pesquisa na internet sobre doenças raras, substâncias encontradas em remédios, palavras técnicas de laudos de exames ou algo do gênero?

  6. 920

    Você costuma ter dores ou 'sintomas' inexplicáveis?

  7. 1020

    Mesmo não trabalhando na área, os assuntos de saúde o interessam especialmente?

  8. 1120

    Quando fica sabendo de uma disfunção nova ou assiste a um programa na TV que fala de uma doença, tem medo de contraí-la?

  9. 1220

    Quando recebe a notícia de que algum conhecido, amigo ou familiar está com uma doença séria, fica impressionado e pensando muito no assunto?

  10. 1320

    Deixou de aproveitar uma viagem ou momento agradável por acreditar que estava sofrendo de um mal em estágio inicial, ainda não descoberto?

  11. 1420

    Quantos remédios você toma por dia?

  12. 1520

    Você costuma vasculhar seu corpo atrás de sinais de que algo não vai bem, como nódulos ou pequenas alterações?

  13. 1620

    Alguma época da sua vida aconteceu de acreditar que estava com uma doença grave, procurar atendimento por vários meses e não se convencer do contrário?

  14. 1820

    Você já repetiu um exame por acreditar que ele não identificou um problema de saúde?

  15. 1920

    Sente necessidade de fazer exames e check-ups extras, além dos recomendados pelos médicos?

  16. 2020

    De 1 a 10, como classificaria sua preocupação com a saúde, considerando 1 "pouco preocupado" e 10 "excessivamente preocupado"?

  • Hipocondríaco

    Provavelmente é frequentador assíduo de consultórios médicos e farmácias, pois tudo indica que sofre de hipocondria. Desconfia, sempre, que sua saúde não está bem e, pior, não raro é acometido pela certeza de que contraiu algo grave. Tal comportamento pode lhe trazer prejuízos sociais e profissionais, sem falar no estresse. Que tal procurar ajuda de um psicólogo? Enfrentar a realidade, sem se deixar levar por fantasias, é o caminho certo. Lembre-se de que apenas o médico pode apresentar diagnósticos e que remédios só devem ser ingeridos com prescrição.

    Gostou do resultado? Compartilhe!

  • Preocupado

    Talvez não apresente o quadro de hipocondria, mas sem dúvida é bastante preocupado com sua saúde. Às vezes, fica inquieto e interpreta qualquer sensação do seu corpo como sintoma de algo sério. Nesses momentos, procure ficar calmo e não se alarmar à toa: antes de deduzir algo, procure a opinião de um especialista. E, se sentir que está exagerando na encanação, cogite a ideia de se consultar com um terapeuta.

    Gostou do resultado? Compartilhe!

  • Tranquilo

    Fique tranquilo, você não é hipocondríaco. Tem preocupação normal com sua saúde e, importante, não adianta problemas que não existem. Isso é ótimo, já que o estresse e a ansiedade são detonadores de algumas disfunções no organismo. Só fique atento para não ser desencanado demais e acabar relaxando nos cuidados básicos, como visitar o médico e fazer exames regularmente.

    Gostou do resultado? Compartilhe!

  • Gostou do resultado? Compartilhe!