PUBLICIDADE
Topo

Senegal anuncia que paciente com ebola está curado

10/09/2014 08h17

O jovem guineano que era o único caso confirmado de paciente com o vírus do ebola em Senegal está curado, de acordo com anuncio do ministério da saúde do país.

Ao ser diagnosticado com ebola, o estudante foi encaminhado ao hospital Fann, na capital Dacar, onde recebeu atendimento e se recuperou. "Realizamos exames de controle em duas oportunidades. Não tem mais o vírus. Ele está curado", declarou o médico Pape Amadou Diack, diretor do departamento de saúde do ministério.

"Era um caso importado a Senegal. Assumimos e, graças a Deus, temos este resultado", completou Diack.

Mais sobre o ebola

O Senegal, depois de vários alertas falsos, se tornou no fim de agosto o quinto país afetado pela epidemia de febre hemorrágica na África Ocidental, com a entrada do jovem guineano um pouco antes do fechamento das fronteiras com Guiné, em 21 de agosto.

Sessenta e sete pessoas que estiveram em contato com o paciente estão sendo monitoradas em Dacar, ainda segundo o ministério da Saúde. Até o momento ninguém apresentou sintomas.

O vírus ebola foi detectado na Guiné no início do ano e como tempo se propagou a Serra Leoa, Libéria e Nigéria.

A epidemia, a mais grave desde a identificação do vírus em 1976, provocou 2.296 mortes em 4.293 casos, segundo o balanço mais recente da Organização Mundial da Saúde (OMS), do último sábado (6).

Saiba mais sobre ebola

  • O que é o ebola?

    A doença é causada pelo vírus ebola e, no surto atual, já matou quase a metade dos pacientes diagnosticados com a doença. Tem sintomas como febre, vômito, diarreia e hemorragia.

  • Como se contrai o vírus?

    O ebola é transmitido pelo contato direto com sangue e fluídos corporais (suor, urina, fezes e sêmen) de pessoas contaminadas e de tecidos de animais infectados.

  • Quais países têm mais casos de ebola?

    Guiné, Libéria e Serra Leoa vivem surtos de ebola. Na Nigéria houve casos da doença, mas o vírus deixou de ser ameaça no país. EUA e alguns países europeus resgataram compatriotas infectados para tratamento.

  • Quem tem mais risco de contrair a doença?

    Parentes dos pacientes e os profissionais de saúde que tratam os pacientes com ebola são os indivíduos em maior situação de risco. Mas, qualquer pessoa que se aproxime de infectados ou de seus corpos sem vida se coloca em risco.

  • O ebola tem cura?

    Não há remédio que cure o ebola propriamente. Existem apenas medicamentos e vacinas experimentais sendo testadas no Canadá, nos Estados Unidos e na África, que surtiram o efeito desejado, isto é, zeraram a carga viral dos infectados. Quem sobreviveu ao tratamento continuará sendo monitorado por um tempo.