Topo

Agência de publicidade gera polêmica no Facebook com peça em homenagem aos ginecologistas

A peça foi uma homenagem da agência ao Dia do Ginecologista, comemorado nesta terça-feira (30) - Reprodução/Facebook
A peça foi uma homenagem da agência ao Dia do Ginecologista, comemorado nesta terça-feira (30) Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL

Em São Paulo

30/10/2012 18h57

Uma agência de publicidade de Porto Alegre causou polêmica nesta terça-feira (30), ao postar uma peça em homenagem ao Dia do Ginecologista. A imagem mostrava as pernas de uma mulher na maca do ginecologista e o seguinte texto: "Sabemos que são estritamente profissionais, mas mesmo assim nós invejamos vocês”. Após diversos comentários negativos, a agência decidiu apagar o post com a peça e publicou um texto de retratação.

Muitos internautas reclamaram que a peça era machista e incitava a violência contra a mulher. "Respeito e bom senso passou longe (sic). Publicidade de péssimo gosto e profissionalismo zero. Mais uma vez o machismo ataca via propaganda. Vergonhoso...", dizia um dos posts. "Roger Abdelmassih mandou lembranças", ironizava outro, em alusão ao especialista em reprodução humana que foi condenado pela Justiça por abusar de pacientes.

A minoria dos comentários foram favoráveis à peça, criada pela Agência Black. "Publicidade e humor andam juntos. Eles fizeram uma breve brincadeira com uma brincadeira comum na sociedade. Homem fantasiado de ginecologista em festa à fantasia é mato", defendia um dos posts.

Os publicitários envolvidos na iniciativa explicaram ao UOL que a criação não foi feita para nenhum cliente. E que, em momento algum, a intenção da equipe foi ofender as mulheres. Mas, diante dos comentários, a agência decidiu se desculpar pelo mal-entendido com o texto abaixo:

"Por vezes a intenção não é atingida. Piada? Humor de mau gosto? Péssima homenagem? Publicação desnecessária?

Talvez muitos tenham pensado assim. Em nenhum momento o conjunto da postagem gostaria de atingir um nível maldoso. E, acreditamos que não fizemos isso. Pela simples razão da intenção. Não a tivemos.

Quanto a apagar o post, foi uma medida para que não nos entendessem errado. A comunicação funciona quando o receptor recebe a informação da forma que deveria. Da forma que o emissor tentou informar. E, nisso, acreditamos que falhamos. Falhamos de não nos comunicar perfeitamente.
"

Camisinha

Em julho deste ano, uma peça publicitária da marca de preservativos Prudence também causou enorme polêmica no Facebook e foi excluída após permanecer cerca de três semanas no ar. Em formato de tabela calórica, o viral intitulado "Dieta do Sexo" dizia que tirar a roupa de uma mulher queima 10 calorias, enquanto fazer o mesmo sem o consentimento da parceira consome 190 calorias.

Após toda a polêmica, a DKT Internacional, detentora da marca Prudence, retirou a peça da rede social pediu desculpas aos consumidores. Apesar disso, o Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária (Conar) abriu um processo ético contra a propaganda.

Mais Notícias