Mosquitos Aedes aegypti "invadem" site do governo federal

DO UOL, em São Paulo

Três mosquitos Aedes aegypti "sobrevoam" a tela do site do governo federal enquanto o internauta navega por ele. A "invasão" começou nesta quarta-feira (3), dia em que a presidente Dilma Rousseff fez um pronunciamento em rede nacional sobre a epidemia de zika vírus, transmitido pelo mosquito, e a relação dele com microcefalia.

O internauta pode tentar matar os insetos com o cursor do mouse, mas logo aparece a mensagem: "Não adianta apenas matar o mosquito, não podemos deixar ele nascer. E isso depende de nós". Se ele clicar em cima da mensagem, é direcionado a uma página com informações sobre o Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes e à Microcefalia. 

Reprodução
Insetos atrapalham a visão do internauta que navega no site do governo federal

Reprodução
Internauta até tenta "matar" os mosquitos, mas é surpreendido com mensagem

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos