Segurança do DF cria 'rap da zika' em campanha contra Aedes aegypti

Lucas Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

Dois anos após ter dengue, um segurança de Planaltina, cidade-satélite do Distrito Federal, compôs um rap para conscientizar a população sobre medidas de prevenção contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor também da zika e da chikungunya.

Neste ano, Planaltina já teve 696 casos de dengue confirmados --quase o dobro do mesmo período de 2015 (358). A situação tornou-se ainda mais preocupante com o surto de zika, vírus associado ao nascimento de crianças com microcefalia e outras lesões neurológicas. 

Vendo essa situação, Wellington dos Santos, 32, conhecido como "WL O Drama" no meio do rap, resolveu escrever a música "Rap da zika" em fevereiro. "Devo ter levado cinco minutos no máximo para escrever. Moro em uma comunidade e está um alarde. Todo mundo está falando sobre dengue e zika", conta.

Em 2014, o segurança foi diagnosticado com dengue e precisou passar a noite no Hospital Regional do Paranoá. Teve febre, dor e fraqueza no corpo. "O meu caso não foi grave, mas penso no meu filho de 5 anos. É preciso conscientizar a população sobre o mosquito. A letra é forte, mas acaba passando a mensagem."

Essa foi a primeira música que Santos escreveu especificamente sobre saúde. "Tento fazer um rap protesto, mostrar na rima as minhas opiniões a favor da comunidade carente, por quem ninguém olha."
 
Na letra, o segurança fala sobre medidas preventivas para evitar a proliferação do Aedes. "A gente precisa eliminar os focos, porque uma simples tampa pode gerar água parada. Aqui em casa tento me prevenir de todas as formas", diz.
 
Santos divulgou o "Rap da zika" em páginas do Facebook relacionadas com o tema. Ele ainda não teve a oportunidade de cantar a rima em eventos de conscientização contra o Aedes, mas afirma que gostaria de participar de algum tipo de campanha.
 

Veja a letra

Minha amiga, meu ouvinte, um recado pra você
Agora tome cuidado com Aedes, pode crê
Um mosquito pequenino até parece inofensivo
Mas na sua ficha já tem vários homicídios

A cidade tá um caos, acionaram até o Exército
Para combater o mosquito desafeto
É tanta loucura que eu já sei o que fazer
Vou bolar até um rap pra conscientizar você

Se liga meu irmão, fale com seus vizinhos
Vamos destruir todo foco do mosquito
Seja um pneu velho, tampa abandonar
Seja uma latinha esquecida em algum lugar

Sai, zika vírus. Sai, sai, zika vírus
Não cruza nosso caminho

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos