Menina de 3 anos fica paralisada após picada de carrapato; veja o vídeo

Eduardo Carneiro

Colaboração para o UOL

Um vídeo postado no Facebook por uma mãe desesperada viralizou na internet nos últimos dias. Ao ver sua filha sofrer uma paralisia repentina e ficar impossibilitada de andar ou de usar os braços, seus pais ficaram sem entender o que estava acontecendo e registraram imagens aflitivas da menina.

Amanda Lewis publicou o vídeo de Evelyn, de três anos, lutando para ficar em pé antes de levá-la ao hospital. Os médicos diagnosticaram a criança com os sintomas de paralisia por carrapato, também conhecida como Doença de Lyme, um mal que pode até matar.

No vídeo, Evelyn tenta se levantar várias vezes, mas cai. "Tente com toda a força", diz seu pai, que, diante das sucessivas quedas, toma a iniciativa de erguer a filha. A família é de Oregon, nos Estados Unidos.

No Facebook, Amanda conta que sua filha "começou a se comportar de forma um pouco estranha" na hora de dormir. "Ela não queria se levantar depois do banho e colocar os pijamas, então ajudei ela a ir para a cama. Ela estava um pouco birrenta na noite anterior, e acabei dormindo com ela a noite toda."

Na manhã seguinte, no entanto, a filha mal conseguia ficar em pé sozinha. "Não podia andar, nem se rastejar, e mexia os braços com dificuldade. Gravamos um vídeo e mandamos aos nossos familiares para ver se eles tinham alguma ideia do que estava acontecendo", explica Amanda, sobre o motivo para ter filmado a garota.

Com o desespero aumentando, a família procurou um médico, que disse que nos últimos 15 anos atendeu cerca de sete ou oito crianças com estes mesmos sintomas e que muito provavelmente ela foi picada por um carrapato.

Os pais imediatamente verificaram todas as partes do corpo de Evelyn até encontrar um carrapato escondido no cabelo dela e conduziram a garota ao hospital da cidade. "Estou aliviada por termos achado o animal antes de as coisas ficarem ainda piores", disse Amanda.

Família faz alerta

O vídeo gerou 21 milhões de visualizações, mais de 635 mil compartilhamentos e diversos comentários falando do quão assustador foi o caso e da importância de se esclarecer o que se passou com a pequena garota.

No seu post, a mãe alerta que a paralisia por carrapato pode ser fatal a seres humanos, embora aconteça com mais frequência em cachorros. A doença afeta geralmente crianças com até 16 anos. Na maior parte das vezes, o animal está alojado na cabeça da vítima, como no caso de Evelyn.

Segundo o Centro Médico da Universidade de Columbia (EUA), as picadas do carrapato podem causar paralisia devido a uma neurotoxina liberada através das glândulas salivares do ectoparasita enquanto ele se alimenta de sangue. Esta paralisia geralmente começa nos pés e pernas, com muitos pacientes experimentando dormência e formigamento na face e membros. Para transmitir a doença, os carrapatos ficam na pele do hospedeiro por 36 a 48 horas.

A Doença de Lyme é mais comum nos Estados Unidos e na Europa, mas também existe no Brasil, como explicou ao UOL o médico reumatologista Thiago Ferreira. "Acontecem sim alguns casos, mas a bactéria é diferente porque a espécie do carrapato também é diferente".

O especialista alerta que a doença pode evoluir de aguda a crônica se não for diagnosticada e tratada precocemente. "A bactéria pode causar o acometimento de alguns nervos, o que chamamos de neuropatia, e tornar o quadro irreversível. Se for rapidamente tratada, com uso de antibióticos, em até três meses o paciente se recupera totalmente". A recomendação é para que se procure um médico após picadas de carrapato, mesmo que a pessoa não apresente sintomas de paralisia, ou de dormência.

Dias depois do susto, Amanda Lewis fez um novo post no Facebook. "Não esperava que o vídeo seria compartilhado da forma que foi", afirmou, acrescentando que a filha já estava "muito melhor".

"Meu marido e eu ainda estamos muito chocados com o que aconteceu com a nossa pequena menina e ficamos felizes que pudemos espalhar algum conhecimento sobre isso para outras famílias", concluiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos