Topo

Pernambuco tem 1ª morte por sarampo desde 2013; bebê de 7 meses é a vítima

RomoloTavani/iStock
Imagem: RomoloTavani/iStock

Fabiana Maranhão

Colaboração para o UOL, no Recife

02/09/2019 15h50

Um bebê de sete meses morreu por sarampo em Taquaritinha do Norte, interior de Pernambuco. A morte ocorreu no dia 17 de agosto, mas a causa só foi confirmada hoje após a realização de análises laboratoriais. É a primeira morte por sarampo ano no estado desde 2013, segundo informações de balanço disponível no site do Ministério da Saúde.

De acordo com boletim divulgado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde, foram confirmados este ano 13 casos de sarampo em Pernambuco; outros 296 estão sendo investigados.

Mortes por sarampo em SP

Ao menos três mortes por sarampo foram registradas nos últimos dias em São Paulo. Na última sexta-feira (30), a Secretaria Estadual de Saúde confirmou duas mortes pela doença: de uma menina de quatro meses, de Osasco, e de um menino de nove meses, que morava na capital paulista. Nos dois casos, as crianças apresentaram sintomas de sarampo e depois desenvolveram quadro de pneumonia, que é uma das complicações ligadas à doença.

A primeira morte confirmada no estado foi de um homem de 42 anos, da zona leste de São Paulo. Segundo a secretaria, ele não tinha registro de imunização e havia passado por uma cirurgia para retirada do baço, órgão que faz parte do sistema linfático e que ajuda na defesa do organismo.

Sarampo no Brasil

Entre o começo de junho e o fim de agosto, o Brasil teve 2.331 casos confirmados de sarampo, segundo boletim epidemiológico divulgado semana passada pelo Ministério da Saúde. Esse balanço não inclui as mortes confirmadas em São Paulo e Pernambuco.

Segundo o documento, houve um aumento no número de ocorrências de 38,75% em relação ao boletim anterior. Ainda de acordo com o boletim, outros 10.855 casos suspeitos de sarampo estão sendo investigados.

A grande maioria das ocorrências (98,6%) foi em São Paulo. Os outros estados com maior número de casos são: Rio de Janeiro, Pernambuco, Santa Catarina, além do Distrito Federal. Outros oito estados tiveram um caso cada um.

Sintomas e prevenção

O sarampo é uma doença infecciosa causada por um vírus, que é transmitido de uma pessoa para a outra por meio de secreções (espirro, beijo etc.). Os principais sintomas do sarampo são: febre, manchas avermelhadas pelo corpo, coceira, tosse, coriza e conjuntivite.

A recomendação é que a pessoa que apresente febre, manchas e um ou mais dos demais sintomas vá ao médico, em especial as crianças, que têm o sistema imunológico mais frágil.

A principal forma de prevenir a doença é a vacinação. A tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola, e a tetraviral, que também evita a catapora, estão disponíveis nos postos de saúde.

Crianças entre seis e 11 meses devem tomar uma dose da tríplice viral. Crianças, adolescentes e jovens, que tenham entre um e 29 anos, precisam tomar duas doses da vacina. Quem tem entre 30 e 49 anos e nunca se vacinou deve tomar uma dose.

Mais Saúde