PUBLICIDADE
Topo

135 animais morreram por excesso de desinfetantes contra covid-19 na China

Um trabalhador desinfecta instalações públicas em uma comunidade na China - Xinhua/Peng Zhaozhi
Um trabalhador desinfecta instalações públicas em uma comunidade na China Imagem: Xinhua/Peng Zhaozhi

Do UOL, em São Paulo

21/02/2020 18h33

Mais de 100 animais silvestres morreram próximo ao epicentro do coronavirus na China após excesso de desinfetante ter sido borrifado em prevenção ao espalhar da doença.

Segundo o departamento florestal de Chongqing, houve um total de 135 animais, de 17 espécies diferentes, entre pássaros, doninhas e javalis, encontrados mortos na cidade, que faz fronteira com a província de Hubei.

As autoridades afirmaram que nenhum dos mortos era portador da doença, e que seus corpos foram descartados de maneira amigável ao meio-ambiente. Os locais em que foram encontrados foram desinfetados.

Funcionários de higienização por todo o país têm conduzido campanhas de limpeza profunda em locais públicos para prevenir e controlar a dispersão do vírus. Mini-tanques e drones têm sido utilizados nessas operações.

Originado na cidade de Wuhan, na China, o covid-19 já infectou mais de 75 mil pessoas no país e mais de 76 mil ao redor do mundo. Globalmente, o vírus já matou pelo menos 2249 pessoas e já atingiu pelo menos 24 países.

Saúde