PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Anvisa inspeciona voo do Reino Unido e determina quarentena de 14 dias

Haverá monitoramento dos passageiros, informou agência - Divulgação/Anvisa
Haverá monitoramento dos passageiros, informou agência Imagem: Divulgação/Anvisa

Eduardo Militão

Do UOL, em Brasília

25/12/2020 14h02Atualizada em 25/12/2020 15h46

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) inspecionou um voo vindo do Reino Unido que chegou a São Paulo nesta sexta-feira de Natal (25). Os passageiros deverão permanecer em quarentena por 14 dias para evitar qualquer possibilidade de infecção por coronavírus. Segundo a agência, eles foram orientados "sobre o monitoramento dos viajantes em solo nacional por autoridades brasileiras de saúde".

O Reino Unido ampliou as medidas restritivas no país depois que encontrou segunda mutação do coronavírus em sua população.

Hoje, o Brasil começa a proibir a entrada de voos vindos do Reino Unido. A aeronave que pousou em Guarulhos (SP) hoje foi a última a chegar antes das restrições impostas por uma portaria do Ministério da Saúde, do Ministério da Justiça e da Casa Civil.

"A ação faz parte das medidas de prevenção diante da informação de que uma variante do vírus da covid-19 está em circulação naquele país", informou a Anvisa nesta sexta-feira. "Os procedimentos de desembarque foram acompanhados por fiscais da Anvisa e delegados da Receita Federal e Polícia Federal."

Nenhum viajante ou tripulante afirmou ter sintomas da covid-19 durante o voo. Os passageiros foram avisados por sistema sonoro das medidas, da necessidade de fazer quarentena e do monitoramento dos viajantes.

Os agentes da Anvisa orientaram-nos a fazer filas com distanciamento social. Não foi permitido que eles fizessem compras na área de "duty free" do aeroporto de Guarulhos. O avião foi higienizado diante dos fiscais.

De acordo com a portaria, a partir de agora, para entrar no Brasil, os passageiros vindos do Reino Unido deverão mostrar teste do tipo RT-PCR negativo ou não-reagente para demonstarem não possuir covid-19. Segundo a regra, todos os viajantes que passaram, nos últimos 14 dias, por Reino Unido e Irlanda da Norte, deverão fazer quarentena no Brasil por 14 dias.

Saúde