PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
3 meses

Secretário de SP diz que regiões podem regredir para fase vermelha

O secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn - MISTER SHADOW/ASI/ESTADÃO CONTEÚDO
O secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn Imagem: MISTER SHADOW/ASI/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

19/01/2021 17h59

O secretário de Saúde do estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou hoje que se necessário, regiões do estado podem regredir para a fase vermelha do Plano São Paulo. "O Brasil não pode, e São Paulo não será diferente, passar pelo que Manaus está passando", justificou.

Segundo Gorinchteyn, restringir a circulação de pessoas garante a vida e o atendimento nos hospitais. Em entrevista à emissora de televisão GloboNews, o secretário comentou o aumento nos números de contaminações e mortes por covid-19 em São Paulo. Para ele, isso se dá porque as pessoas têm saído mais de casa e respeitado menos as regras de distanciamento, uso de máscaras e higienização de mãos.

"Nós olhamos com muita preocupação esses dados e não só olhamos, nós estamos agindo", afirmou citando o aumento no número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no estado. "Mas nós não podemos só aumentar recursos de saúde, nós precisamos do apoio da população", completou fazendo um apelo aos cidadãos.

O estado de São Paulo iniciou a vacinação contra covid-19 no último domingo (17). Até agora, segundo o "Vacinômetro" do governo, imunizou 7777 pessoas. Mesmo com o início da campanha de vacinação, os números no estado vêm crescendo e as taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 69,7%, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde.

Saúde