PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
11 meses

Doria: fábrica do Butantan começa produção industrial da CoronaVac em 2022

Doria disse que a fábrica do Instituto Butantan para produzir, com insumos nacionais, doses da CoronaVac, deve começar a operar em dezembro - Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
Doria disse que a fábrica do Instituto Butantan para produzir, com insumos nacionais, doses da CoronaVac, deve começar a operar em dezembro Imagem: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Do UOL, em São Paulo

04/02/2021 11h35

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse ontem que a fábrica do Instituto Butantan para produzir, com insumos nacionais, doses da CoronaVac, deve começar a operar em dezembro, com produção em escala a partir de janeiro de 2022. O anúncio foi feito ontem em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

Segundo o tucano, a obra deverá ficar pronta no dia 30 de setembro. A nova fábrica está em construção desde o dia 2 de novembro, terá 11 mil metros quadrados e capacidade de produção de 100 milhões de doses anuais.

"A obra deverá ficar pronta no dia 30 de setembro. E começa produção em dezembro deste ano. A partir de janeiro de 2022 começa produção industrial, em escala, para atendimento de todo Brasil", declarou o governador.

Na ocasião, o governador anunciou ainda que R$ 162 milhões foram arrecadados em doações de empresas privadas para a nova fábrica.

Saúde