PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

No Amazonas, mortes por covid-19 registradas em 2021 superam total de 2020

Pacientes estão com dificuldades de atendimento no Amazonas - Mirene Borges Da Silva
Pacientes estão com dificuldades de atendimento no Amazonas Imagem: Mirene Borges Da Silva

Colaboração para o UOL

24/02/2021 07h59

O número de mortes por covid-19 no Amazonas indica que a segunda onda da pandemia está mais grave do que a primeira no estado. Em apenas 54 dias de 2021, a quantidade de óbitos registrados já superou o total do ano passado.

Entre janeiro e fevereiro de 2021, foram registradas 5.288 mortes. É mais do que o número de óbitos por covid-19 registrados de março a dezembro do ano passado, que chegou a 5.285.

De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas, algumas das mortes registradas em 2021 podem ter acontecido em 2020, pois há uma diferença de tempo entre o óbito e a investigação da causa.

Mas de fato o Amazonas está com mais dificuldades para atendimento de pacientes em 2021, o que comprova essa gravidade da segunda onda. Em janeiro, o estado teve falta de oxigênio nos hospitais. Além disso, a variante do coronavírus e o inverno amazônico estão agravando a situação da pandemia na região.

Ao todo, desde o início da pandemia, o número de casos de covid-19 no Amazonas chegou a 309.311. E a quantidade de mortes atingiu 10.573 pessoas

Saúde