PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Rio suspende segunda dose de CoronaVac por falta de vacinas

Prefeitura alega falta de vacinas para a suspensão  - Matheus Sciamana/Photopress/Estadão Conteúdo
Prefeitura alega falta de vacinas para a suspensão Imagem: Matheus Sciamana/Photopress/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

16/09/2021 18h23

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro divulgou hoje que a capital vai suspender a aplicação de segunda dose da CoronaVac a partir de amanhã (17) por falta de vacinas.

"Atenção: A aplicação da segunda dose da CoronaVac no Município do Rio está temporariamente paralisada, até que sejam liberadas as 166 mil doses do lote suspenso para uso, de forma cautelar, pela Anvisa", postou a Secretaria.

No começo da semana, o governo de São Paulo determinou que o Instituto Butantan substitua os lotes de CoronaVac interditados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Segundo o governador João Doria (PSDB), 6,9 milhões de doses já serão entregues amanhã. No último dia 4, a agência suspendeu a distribuição de 25 lotes da vacina por não ter inspecionado a fábrica da Sinovac na China em que as doses foram envasadas. No total, a decisão afetou 21 milhões de doses, sendo que 12 milhões já haviam sido encaminhadas ao Ministério da Saúde e outras 9 milhões estavam em processo de envio.

Saúde