PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
3 meses

É obrigatório pelo menos 1 dose para ir a grandes eventos em SP, diz Doria

Torcida do Corinthians na volta dos jogos com público na Neo Química Arena - Ettore Chiereguini/AGIF
Torcida do Corinthians na volta dos jogos com público na Neo Química Arena Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF

Lucas Borges Teixeira e Sara Baptista

Do UOL, em São Paulo

06/10/2021 14h15Atualizada em 06/10/2021 19h24

Quem quiser ir a jogos esportivos, grandes feiras, festas e shows no estado de São Paulo deverá ter tomado pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19. Qualquer grande evento, que passam a ser liberados neste mês, exigirá uso de máscara e comprovante de imunização.

O cronograma para liberação dos eventos, que já está vigente para o futebol, foi anunciado hoje pelo governador João Doria (PSDB-SP) e deverá valer a partir de decreto publicado amanhã. Com a liberação, grandes locais fechados poderão liberar a ocupação de 30% de público até o meio de outubro e 100% a partir de 1º de novembro, como já era previsto.

Para entrar nos locais será preciso ter o esquema vacinal em dia. Isso significa as duas doses ou dose única e pelo menos uma dose para quem ainda não chegou à data da segunda. No último caso, também é preciso levar um teste de covid negativo.

Este exame precisa ser do tipo PCR feito até 48 horas antes do evento ou um teste de antígeno em até 24 horas antes.

Além disso, o uso de máscaras durante a permanência no local segue obrigatório, apesar de terem sido registradas diversas pessoas sem a proteção durante o jogo na NeoQuimica Arena, em Itaquera, ontem.

eventos - Reprodução/Governo do estado de São Paulo - Reprodução/Governo do estado de São Paulo
Imagem: Reprodução/Governo do estado de São Paulo

"Aquelas pessoas que não tomaram a primeira dose, por razões diversas, não poderão frequentar. A outra questão que eu acho fundamental é que o uso de máscaras vai continuar sendo obrigatório nessas situações", declarou Paulo Menezes, coordenador do Comitê Científico.

A ocupação para todos os grandes eventos será liberada aos poucos. Veja o cronograma:

  • Até 15 de outubro: 30% da capacidade de público
  • De 16 a 31 de outubro: 50% da capacidade de público
  • A partir de 1º novembro: 100% da capacidade de público

Questionado sobre a realização de festas de ano novo e carnaval, Menezes afirmou que o estado ainda não tem uma posição sobre o assunto. "Nós entendemos que ainda não é o momento de discutir os grandes eventos abertos, porque não há nenhum controle", declarou.

Saúde