Putin denuncia 'atitude superficial' do governo britânico após o Brexit

Moscou, 24 Jun 2016 (AFP) - O presidente russo Vladimir Putin denunciou nesta sexta-feira a atitude que considerou superficial por parte do governo britânico em relação a uma questão crucial para o país, que é a saída do Reino Unido da União Europeia.

"A organização desse referendo e seus resultados são uma atitude presumida e superficial das autoridades britânicas em relação a assuntos cruciais para o país e o conjunto da Europa", declarou Putin, citado pela agência oficial TASS.

As consequências desta votação, segundo ele, são globais e é preciso "esperar para saber se serão positivas ou negativas".

"Esperamos que nesta nova realidade, a necessidade de construir boas relações triunfe", afirmou DimitriPeskov aos jornalistas.

Putin se negou a falar do assunto antes da realização do referendo.

"O tema Brexit é um assunto interno do Reino Unido e de suas relações com a UE", acrescentou Peskov, acrescentando que a Rússia deseja que a União Europeia seja "florescente e estável".

O Reino Unido aprovou a saída da União Europeia com o voto de 51,9% dos britânicos, segundo resultados definitivos publicados nesta sexta-feira, em meio a incerteza sobre o futuro da Europa.

or-tbm-mp/nm/zm/eg/mb/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos