Dilma denuncia "golpe" para dar lugar a "um governo usurpador"

Brasília, 29 Ago 2016 (AFP) - A presidente afastada Dilma Rousseff denunciou nesta segunda-feira no Senado que considera que sua destituição constituirá "um golpe de Estado", que dará lugar a "um governo usurpador".

A presidente afastada negou, além disso, ter cometido os crimes pelos quais é julgada. "Não posso deixar de sentir na boca o sabor amargo da injustiça", afirmou.

jl-jt/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos