Furacão Madeline avança com fortes ventos em direção ao Havaí

Miami, 30 Ago 2016 (AFP) - O furacão Madeleine, que se aproximava do Havaí com ventos fortes nesta terça-feira, ameaçando provocar inundações e deslizamentos de terra, perdeu força ligeiramente nas últimas horas, informou a autoridade meteorológica dos Estados Unidos.

Às 12h de Brasília, Madeline, que deverá passar pelo arquipélago do Havaí na quarta-feira, foi classificado como furacão de categoria três, com ventos máximos sustentados de 195 km/h, indicou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

A tempestade perdeu intensidade ligeiramente após provocar ventos de 215 km/h às 9h, quando foi classificada como um perigoso furacão de categoria quatro.

Madeline ameaça os planos do presidente Barack Obama de comparecer na quinta-feira à abertura do Congresso Mundial de Conservação da Natureza, que vai reunir chefes de Estado e cientistas do mundo todo na ilha até sábado.

Às 12h, o furacão estava 715 km ao leste da região de Hilo, no arquipélago havaiano, e se deslocava em direção ao oeste a 17 km/h.

"No trajeto previsto, o centro de Madeline passará perigosamente perto da Ilha Havaí na quarta-feira", disse o NHC.

"Um enfraquecimento está previsto para o início da quinta-feira", acrescentou.

A agência meteorológica americana disse que se espera que as fortes ondas geradas por Madeline alcançarão as ilhas havaianas nos próximos dias, ameaçando causar danos no litoral.

Está previsto que Madeline provoque entre 12,7 e 25,4 centímetros de chuvas no Havaí.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos