Leilão de objetos de Reagan supera expectativas em NY

Nova York, 23 Set 2016 (AFP) - Um pedaço do Muro de Berlim, botas de caubói em pele de avestruz, joias com diamantes: um pouco da nostalgia dos anos Reagan foi leiloada, nesta quinta-feira (22), em Nova York, arrecadando US$ 5,7 milhões.

Os objetos vendidos - mais de 700 provenientes do rancho Bel Air, na Califórnia, onde Nancy e Ronald Reagan foram viver após oito anos na Casa Branca (1981-1989) - acabaram arrematados por valores superiores ao mínimo do catálogo da Christie's, que totalizava US$ 2 milhões.

Reagan morreu em 2004, 12 anos antes de sua mulher, Nancy, que faleceu em março passado, aos 94 anos.

As botas de caubói com o escudo dos Estados Unidos, feitas de pele de avestruz e pele de rã - um presente do ator Rex Allen nunca usado por Reagan - foram vendidas por US$ 199.500, muito acima dos US$ 20.000 do catálogo.

Um cronômetro marinho da Tiffany, oferecido ao presidente pelo cantor e ator Frank Sinatra e por sua mulher, Barbara, no dia de sua posse com a inscrição "Bem-vindo, sr. presidente", alcançou US$ 106.250, bem acima dos US$ 10.000 previstos inicialmente.

O preço mais alto ficou por conta do anel Bulgari com as cores da bandeira americana, ornado com diamantes, safiras e rubis, vendido por US$ 319.500.

Já o pedaço de nove quilos do muro de Berlim, caído em 1989 e guardado pelo então presidente Reagan, foi comprado por US$ 277.500.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos