Exército sírio expulsa Estado Islâmico de mais de 30 regiões

Em Damasco

O Exército sírio anunciou nesta quinta-feira (2) ter reconquistado 30 localidades sob controle do Estado Islâmico (EI) na província setentrional de Aleppo.

Após uma ofensiva de 20 dias, o Exército sírio tomou, em particular, o controle de uma parte da estrada que une a cidade de Aleppo com a de Al-Bab, último reduto do EI na província de Aleppo.

Al-Bab está praticamente cercada pelos rebeldes sírios apoiados pelos militares turcos.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), eles teriam chegado à entrada de Al-Bab, onde houve intensos combates na quinta-feira. Pelo menos 11 homens teriam morrido nas fileiras do EI, e sete entre os combatentes do "Escudo do Eufrates".

"Poderia haver soldados turcos" entre estes últimos, mas "não sabemos ainda", declarou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

O avanço do Exército do presidente Bashar al-Assad na província de Aleppo começou a acontecer depois da reconquista da cidade de mesmo nome.

O Exército pôde, "durante uma vasta operação militar iniciada há 20 dias, retomar o controle de mais de 32 localidades e aldeias a nordeste de Aleppo, ocupando uma superfície total de 250 km2", informou a agência oficial síria Sana, de acordo com um comunicado oficial.

O Exército afirmou ter recuperado 16 km da estrada Aleppo-Al-Bab.

As forças turcas e rebeldes atacam Al-Bab pelo norte, mas têm dificuldade para conquistar a cidade, onde o EI entrincheirou suas forças.

Em agosto de 2016, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, lançou uma ofensiva militar na Síria para expulsar os extremistas da zona fronteiriça e conter o avanço dos curdos no norte da província de Aleppo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos