Adolescente indiana é resgatada de casamento por colegas de turma

Jaipur, Índia, 6 Jul 2017 (AFP) - Uma adolescente indiana forçada a viver com seu marido, muito mais velho e com quem a casaram quando ela tinha apenas 11 anos, retornou à escola depois de ser resgatada por seus colegas, informou nesta quinta-feira uma associação dedicada à infância.

A família da jovem, de 16 anos e cujo nome foi omitido por razões legais, a casou no estado de Rajasthan (oeste), onde a taxa de casamento infantil é particularmente elevada.

Em maio, sua família forçou a jovem a deixar a escola e ir viver em uma cidade próxima com seu marido e a família deste.

Mas seus colegas conseguiram localizá-la e "encontraram a menina, que disse a eles que queria continuar os seus estudos e não queria estar com o marido e seus sogros", indicou Gopal Singh, professora na organização Sakhi Bal Niketan.

No início, a polícia não quis ajudá-los, mas os colegas encontraram o telefone da autoridade do distrito e pediram ajuda.

"Fiz alguns telefonemas para funcionários e autoridades, e a menina foi resgatada e voltou para a escola", disse à AFP a autoridade distrital Siddarth Mahajan.

A idade legal para o casamento na Índia é de 18 anos para as mulheres, mas milhões de crianças, especialmente em áreas rurais empobrecidas, são forçadas a casar no país.

Segundo o The Hindustan Times, a adolescente foi recebida como heroína na escola e pediu a um tribunal local para anular seu casamento.

str-abh/cc/ds/sgf/mb/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos