Senador diz que Trump está preparado para guerrear com a Coreia do Norte

Em Washington

  • KCNA via AP

    28.jul.2017 - Imagem divulgada pela agência oficial norte-coreana mostra o que se acredita ser o míssil balístico intercontinental Hwasong-14 em um local não identificado na Coreia do Norte

    28.jul.2017 - Imagem divulgada pela agência oficial norte-coreana mostra o que se acredita ser o míssil balístico intercontinental Hwasong-14 em um local não identificado na Coreia do Norte

Um senador republicano declarou nesta terça-feira que o presidente Donald Trump disse a ele que estava disposto a entrar em guerra com a Coreia do Norte para impedir que o país desenvolva um míssil nuclear de longo alcance.

O influente senador Lindsey Graham, falcão em matéria de política externa, afirmou à rede NBC: "há uma opção militar: destruir o programa de Coreia do Norte e a própria Coreia do Norte".

O líder norte-coreano Kim Jong-un comemorou na semana passada seu último teste de míssil balístico intercontinental, garantindo que seu país poderia atingir qualquer alvo em território americano.

As potências mundiais tentam sufocar o programa armamentista de Pyongyang com severas sanções econômicas, mas o regime não esmoreceu.

Graham afirmou que se a diplomacia, e em particular a pressão da China, não for capaz de deter o programa norte-coreano, os Estados Unidos não terão outra opção que uma ação militar devastadora.

"Haverá uma guerra contra a Coreia do Norte pelo programa de mísseis balísticos se continuarem tentando atacar os Estados Unidos com um ICBM (míssil balístico intercontinental)", acrescentou Graham.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos