Congressista americano acusado de assédio é hospitalizado por 'estresse'

Chicago, 30 Nov 2017 (AFP) - O congressista democrata John Conyers, de 88 anos, foi hospitalizado por estresse, em um momento em que enfrenta denúncias por assédio sexual, noticiou a imprensa americana nesta quinta-feira (30).

Conyers, o congressista mais idoso da Câmara de Representantes e um ícono da luta pelos direitos civis dos negros, foi internado em um hospital de Detroit (norte dos Estados Unidos), disse a jornalistas o consultor político Sam Riddle, amigo próximo ao legislador.

O congressista está "sob um enorme estresse devido aos ataques da mídia, dos abutres políticos e as acusações em série", declarou Riddle, citado pelo jornal Detroit News.

Conyers foi hospitalizado na noite de quarta-feira, segundo confirmou seu advogado Arnold Reed à emissora CBS.

O político, que mantém seu assento no Congresso, foi acusado por várias mulheres de assédio sexual durante anos. Conyers nega os assinalamentos.

No entanto, o legislador reconheceu ter pago em 2015 pouco mais de 27.000 dólares a uma ex-colaboradora parlamentar que o acusou de tê-la demitido por rejeitar seus avanços.

Outros congressistas e senadores republicanos e democratas também são alvo de acusações similares, como parte da onda de denúncias de assédio sexual, ou conduta inapropriada, contra figuras de Hollywood, meios de comunicação e do mundo tecnológico.

nov-sha/leo/val/yow/cb/mvv

CBS CORPORATION

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos