Inundações no Paraguai deixam 18.000 afetados em uma semana

Asunción, 22 Jan 2018 (AFP) - Uma cheia atípica do rio Paraguai no verão do hemisfério sul afetou mais de 18.000 pessoas em Assunção na última semana, indicou o diretor de operações da secretaria de Emergência, Daniel Riveros, que espera mais inundações nos próximos dias.

"Já realojamos 3.500 famílias", disse Riveros à AFP, ao indicar que a quantidade de afetados aumentará porque o rio Paraguai seguirá subindo até o final de fevereiro devido às fortes chuvas.

O rio Paraguai tem atualmente 5,7 metros de altura, e seu nível pode atingir sete metros nos próximos dias, indicou o diretor.

Em janeiro, o país já registrou um acúmulo de 164 e 266 milímetros de chuvas, segundo a Direção Geral de Meteorologia paraguaia.

Espera-se que a cheia e as inundações afetem zonas costeiras do sul do país, na fronteira com a Argentina, afirmou o ministro de Emergências paraguaio, Joaquín Roa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos