Autoridades temem número maior de vítimas em naufrágio no Pacífico

Wellington, 30 Jan 2018 (AFP) - As equipes de resgate que procuram uma balsa que naufragou em uma zona remota do Oceano Pacífico afirmaram não ter certeza do número de pessoas que estavam na embarcação, após informações de que o número de passageiros poderia ser o dobro dos 50 calculados a princípio.

O presidente de Kiribati, Taneti Maamau, disse que até 100 pessoas poderiam estar a bordo da "MV Butiraoi" e pediu uma semana de orações pelos desaparecidos.

A embarcação partiu em 18 de janeiro de Kiribati para uma viagem de dois dias de duração. Na sexta-feira passada, as autoridades alertaram que estavam há uma semana sem notícias da balsa.

No domingo foram localizados sete sobreviventes em um bote. Atualmente, as equipes de resgate observam uma área com tamanho equivalente à Itália para tentar encontrar mais pessoas.

O centro de coordenação de resgates da Nova Zelândia informou que estava a par dos comentários de Maamau, mas afirmou que não tem condições de confirmar os números.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos