Vulcão Kilauea dá trégua no Havaí, mas mais erupções são esperadas

Em Leilani Estates

  • AP

A atividade do vulcão Kilauea parou nesta terça-feira (8), informaram as autoridades, que alertam para a previsão de novas erupções.

Embora a erupção tivesse parado, segundo o  USGS (Serviço Geológico dos Estados Unidos), gases continuavam emanando do sistema de fissuras de cerca de 4 km de comprimento e que se esperava mais atividade sísmica e fluxo de lava.

"A pausa é provavelmente temporária e a retomada de emissões de lava ou surgimento de fissuras adicionais são possíveis a qualquer momento", indicou o órgão em um comunicado.

O observatório havaiano de vulcões detalhou que desde a primeira erupção foram registradas 12 fissuras e 35 imóveis destruídos, 26 deles eram casas de famílias.


As autoridades permitem que os residentes de uma área de Leilani Estates acessem suas casas durante o dia para buscar bens pessoais, mas devem deixar a área antes do anoitecer.

Bairros como Lanipuna  Gardens, que também foi evacuado, continuam isolados devido aos gases perigosos. Cerca de 200 pessoas estão em abrigos da Cruz Vermelha.

Kilauea, um dos vulcões mais ativos do mundo e um dos cinco da ilha, entrou em erupção na última quinta-feira (3).

Foi precedido por um terremoto de magnitude 5 e seguido por várias réplicas. Na sexta-feira foi registrado um outro tremor de 6,9, o mais forte na ilha desde 1975.

Entenda a atividade dos vulcões

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos