PUBLICIDADE
Topo

Organização de Tóquio-2020 não planeja cancelar Jogos devido ao coronavírus

Presidente da Tóquio-2020, Yoshiro Mori -
Presidente da Tóquio-2020, Yoshiro Mori

25/02/2020 12h41

Tóquio, 25 Fev 2020 (AFP) - O comitê de organização dos Jogos de Tóquio-2020 garantiu nesta terça-feira (25) que a propagação do coronavírus no Japão não abriu um debate sobre a possibilidade de cancelar o evento esportivo, programado para acontecer entre 24 de julho e 9 de agosto.

"Nunca debatemos o cancelamento dos Jogos. A preparação continua como prevista", informou a organização em mensagem enviada para a AFP.

Cerca de 156 casos de coronavírus foram detectados no arquipélago japonês, com uma vítima fatal.

Neste contexto, a Federação Japonesa de Futebol anunciou nesta terça-feira a decisão de interromper o campeonato de futebol (J-League) até 15 de março devido ao crescente número de infectados.

A J-League garantiu "cooperação máxima" com as medidas de prevenção, após as instruções do governo de limitar os eventos esportivos com muito público para evitar a contaminação em massa, em um período visto como crítico para os especialistas em doenças infecciosas.

Esta medida drástica foi tomada a cinco meses dos Jogos de Tóquio, com milhares de atletas e torcedores viajando até a capital japonesa para o maior evento esportivo do mundo.

A epidemia, com epicentro na China, já provocou transtornos no calendário esportivo em muitos países. No gigante asiático, o campeonato de futebol, que começaria a ser disputado em 22 de fevereiro, foi adiado, assim como "todas as outras competições, a todos os níveis".

A Fórmula 1, o rugby, o esqui ou o golfe também viram seus calendários passarem por mudanças devido ao coronavírus.

Várias partidas do campeonato italiano de futebol foram adiadas no último fim de semana e alguns jogos da próxima rodada serão disputados com portões fechados.

Notícias