PUBLICIDADE
Topo

Cuba continuará como país garantidor do processo de paz na Colômbia

09/07/2020 14h29

Havana, 9 Jul 2020 (AFP) - Cuba decidiu permanecer momentaneamente como garantidor do processo de paz na Colômbia, apesar das sanções dos Estados Unidos e das reivindicações feitas pelo governo de Iván Duque, informou o Ministério das Relações Exteriores nesta quinta-feira (9).

"Cuba decidiu manter, por enquanto, a condição de país garantidor do processo de paz, na implementação do processo de paz entre as FARC e o governo da Colômbia", assinado em 2016 em Havana, disse o vice-ministro Rogelio Sierra.

Havana espera também que a Colômbia "cumpra com os acordos que assinou com outras nações, entre elas Cuba, também em sua condição de garantidor, em particular com o protocolo de ruptura do diálogo com o ELN".

Sierra destacou que Cuba recebeu vários pedidos tanto da Colômbia como da comunidade internacional para continuar com seu papel.

mav/rd/lda/aa