PUBLICIDADE
Topo

Homem é executado na China por duplo homicídio

09/07/2020 08h35

Pequim, 9 Jul 2020 (AFP) - Um condenado foi executado nesta quinta-feira (9), no sudoeste da China, pelo assassinato em fevereiro de dois voluntários que vigiavam o acesso a uma cidade, em meio à luta contra o novo coronavírus - anunciou a Suprema Corte.

Ma Jianguo, de 24 anos, foi condenado à morte em 1º de março por um tribunal na província de Yunnan, informou a mais alta corte do país em declaração nas redes sociais.

Ele foi considerado culpado pelo homicídio, em 6 de fevereiro, de dois voluntários que monitoravam a entrada de uma cidade quando havia restrições de deslocamento, devido à pandemia.

De acordo com a imprensa chinesa, Ma Jianguo estava dirigindo um automóvel, quando explodiu uma briga entre os passageiros e os voluntários.

As vítimas foram esfaqueadas várias vezes, segundo o tribunal.

A China tomou medidas radicais para combater o novo coronavírus, que apareceu na província central de Hubei no final do ano passado.

A capital da província, Wuhan, foi posta em quarentena em 23 de janeiro, medida que se estendeu por dois meses e meio.

lxc/bar/jhd/pc/zm/tt