PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Alasca é atingido por pequenas ondas após alerta de tsunami por forte terremoto

Gabriel explorava o Alasca quando decidiu passar a quarentena no mesmo local em que esteve Christopher McCandless - Arquivo pessoal
Gabriel explorava o Alasca quando decidiu passar a quarentena no mesmo local em que esteve Christopher McCandless Imagem: Arquivo pessoal

19/10/2020 22h21

Los Angeles, 20 Out 2020 (AFP) - Um terremoto de magnitude 7,5 perto da costa do Alasca provocou hoje pequenas ondas de tsunami, de acordo com autoridades americanas, que não registraram vítimas ou danos.

A agência nacional de Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA) rebaixou o nível do alerta para menos severo, indicando que as áreas afetadas "não devem esperar uma inundação generalizada".

Residentes da área em alerta -que incluía boa parte da costa sul deste remoto estado dos Estados Unidos- foram evacuados e levados para regiões com maior altitude.

Foram registradas ondas de 60 cm na pequena cidade próxima a Sand Point, a 100 km do epicentro do terremoto, que ocorreu a 40 km de profundidade.

A zona de risco se estendeu por centenas de quilômetros ao nordeste, até a enseada de Cook, mas não atingiu a maior cidade do Alasca, Anchorage.

O terremoto foi seguido por pelo menos quatro réplicas, com magnitude 5 ou superior.

O Alasca está situado no Círculo de Fogo do Pacífico, que tem atividade sísmica.

O estado foi atingido por um terremoto de 9,2 graus na escala Richter em março de 1964, o mais forte já registrado na América do Norte.

O terremoto devastou Anchorage e provocou um tsunami que atingiu o Golfo do Alasca, a costa oeste dos Estados Unidos e o Havaí. Mais de 250 pessoas morreram.

Internacional