PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Governo Macron critica quarentena na Inglaterra para chegadas da França

29/07/2021 06h43

Paris, 29 Jul 2021 (AFP) - A França considera "incompreensível" e "discriminatório" que a Inglaterra mantenha uma quarentena para os viajantes que chegam de seu território - disse o secretário de Estado francês para Assuntos Europeus, Clément Beaune, nesta quinta-feira (29).

"É excessivo e incompreensível no âmbito sanitário (...) Não tem embasamento científico", declarou Beaune, ao canal LCI.

"É uma decisão discriminatória para os franceses, porque todos os europeus - incluindo os países com situações sanitárias mais complicadas do que a nossa, com a variante Delta ou outras - não se veem afetados por esta quarentena", completou.

Os viajantes totalmente vacinados contra a covid-19 na União Europeia e nos Estados Unidos estarão isentos de cumprir quarentena na Inglaterra a partir de segunda-feira (2). A única exceção é para as chegadas da França.

Londres excluiu a França "em nome da variante Beta, a famosa variante sul-africana, que representa menos de 5% dos casos na França" e que afeta principalmente territórios ultramarinos, lamentou Clément Beaune, acrescentando que poucos viajantes partem destas localidades rumo ao Reino Unido.

O secretário de Estado francês também lamentou que as fronteiras dos Estados Unidos continuem fechadas para os viajantes da UE, apesar de os turistas americanos poderem viajar para a Europa.

"Em nível europeu, deveríamos ter mantido essa reciprocidade na manga para negociar melhor com os americanos", afirmou.

Os países da UE decidiram reabrir suas fronteiras para os americanos, desde que estejam vacinados contra covid-19, ou apresentem um teste negativo. Já os viajantes do espaço Schengen, do Reino Unido e da Irlanda não podem entrar nos Estados Unidos desde março de 2020.

vl/lp/erl/pc/tt