PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
4 meses

Porta-voz do governo somali é ferido em ataque jihadista

Carro em que estava o porta-voz do governo da Somália ficou destruído após um atentado em Mogadíscio - Feisal Omar/Reuters
Carro em que estava o porta-voz do governo da Somália ficou destruído após um atentado em Mogadíscio Imagem: Feisal Omar/Reuters

Em Mogadíscio (Somália)

16/01/2022 09h58

Um porta-voz do governo somali foi ferido neste domingo (16) em um ataque do grupo Al Shabab na capital do país, em Mogadíscio - informaram o gabinete do primeiro-ministro e a polícia.

Após vários adiamentos e apesar disso, as eleições serão retomadas hoje no país.

"O porta-voz do governo federal somali foi ferido em um ataque terrorista. Seus ferimentos não são graves e desejamos a ele uma rápida recuperação", declarou o gabinete do premiê em um comunicado divulgado logo após o ataque, reivindicado por rebeldes da Al-Shabab.

De acordo com várias fontes, o agressor tentou se agarrar a seu carro antes de detonar sua bomba. O veículo foi parcialmente destruído.

"Um homem-bomba pulou no veículo que transportava o porta-voz do governo, Mohamed Ibrahim. Ele teve sorte de sobreviver [ao ataque] e sofrer ferimentos leves", disse Mohamed Farah, policial presente no local do ataque.

"Outras duas pessoas ficaram feridas na explosão", acrescentou.

Testemunhas no local confirmaram que o agressor se apoiou no carro antes que se ouvisse uma forte explosão.

Em uma nota, os rebeldes do Al Shabab assumiram a autoria do atentado. Na segunda-feira passada (10), eles já haviam cometido outro ataque parecido em Mogadíscio, que deixou quatro mortos.