Blinken diz que buscará em Israel prolongar a trégua em Gaza

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, anunciou nesta quarta-feira (29) em Bruxelas que durante a sua viagem a Israel, nos próximos dias, se concentrará em tentar prolongar a trégua em Gaza entre o Estado hebreu e o Hamas. 

"Queremos que esta pausa seja prolongada, porque nos permitiu libertar reféns e trabalhar na assistência humanitária para aqueles que dela precisam desesperadamente", disse Blinken durante uma coletiva de imprensa na sede da Otan.

Blinken argumentou que uma extensão da trégua também é do interesse de Israel, uma vez que os seus líderes "estão concentrados em trazer para casa" os reféns ainda detidos pelo movimento islamista palestino Hamas. 

O secretário de Estado viaja nesta quarta-feira para a Macedônia do Norte para uma reunião da OSCE e planeja pousar na manhã de quinta-feira em Tel Aviv. 

Blinken se reunirá em Tel Aviv com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e em Ramallah, com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas. 

A trégua no conflito de Gaza entrou no seu sexto dia nesta quarta-feira. Inicialmente foi acordada por um período de quatro dias, embora as partes tenham negociado uma prorrogação de 48 horas, que expira na manhã de quinta-feira.

Nesta quarta-feira, uma fonte próxima ao Hamas indicou que o movimento islamista "concorda" em prolongar a atual trégua por mais quatro dias. 

"O Hamas informou aos mediadores que deseja prolongar a trégua por mais quatro dias, e que durante este período está em condições de libertar prisioneiros israelenses que mantém em conjunto com outros movimentos de resistência e outras partes, nos mesmos termos da trégua atual", disse a fonte.

del/ahg/avl/aa/fp

Continua após a publicidade

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes