'Não há alternativa ao ajuste, não há alternativa ao choque', diz Milei

O presidente da Argentina, Javier Milei, alertou no seu discurso de posse neste domingo (10) que será necessário fazer um forte ajuste fiscal e destacou que, embora "no curto prazo a situação piore, depois veremos os frutos dos nossos esforços".

"Não há dinheiro, não há alternativa ao ajuste, não há alternativa ao choque", exclamou aos milhares de apoiadores que se reuniram na praça em frente ao Congresso, em Buenos Aires, para ouvi-lo.

nn/jt/db/aa