França desiste de tirar livreiros do Sena durante os Jogos Olímpicos

Os livreiros que ficam às margens do rio Sena, em Paris, serão mantidos no local durante os Jogos Olímpicos, anunciou nesta terça-feira a Presidência da França.

Na ausência de uma solução consensual, "o presidente pediu ao ministro do Interior e ao comandante da polícia de Paris para preservar os livreiros e que nenhum deles seja obrigado a se retirar do local", informou a Presidência.

Por ocasião da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos, em 26 de julho, que acontecerá ao longo do rio Sena, autoridades previam a retirada das instalações dos livreiros por alguns dias, por motivo de segurança, Conhecidos como "bouquinistes", os livreiros criticaram a medida, uma vez que algumas de suas bancas têm até 150 anos

Macron, que chamou os livreiros de "patrimônio vivo da capital", pediu uma mudança no dispositivo de segurança, depois que autoridades reduziram no mês passado pela metade o número de pessoas presentes na cerimônia de abertura.

fff-tjc/mb/lb

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes