EUA pede que Israel deixe muçulmanos irem à mesquita Al Aqsa no ramadã

Os Estados Unidos instaram Israel, nesta quarta-feira (28), a permitir que os muçulmanos rezem na mesquita de Al Aqsa, em Jerusalém, durante o mês sagrado do ramadã, depois que um ministro de extrema direita propôs proibir o acesso ao local dos palestinos da Cisjordânia ocupada.

"No que diz respeito a Al Aqsa, seguimos pedindo a Israel que facilite o acesso ao Monte do Templo aos fiéis pacíficos durante o ramadã", como foi feito no passado, disse a jornalistas o porta-voz do Departamento de Estado, Matthew Miller, utilizando o termo com o qual os judeus denominam o local, o mais sagrado do judaísmo.

sct/sst/erl/mar/mvv/rpr