Conteúdo publicado há 26 dias

'Ataque com veículo' deixa dois israelenses mortos na Cisjordânia

Dois soldados israelenses morreram na noite desta quarta-feira (29) em um "ataque com veículo" perto da cidade de Nablus, no norte da Cisjordânia ocupada, informou o Exército de Israel.

O ataque, segundo o comunicado militar, foi realizado na saída de Nablus, próximo a uma colônia israelense. Questionado pela AFP, o Exército disse mais tarde que "dois cidadãos israelenses morreram".

O Exército disse posteriormente que as vítimas eram dois soldados de 20 anos, Eliya Hillel e Diego Shvisha Harsaj, membros da brigada Kfir estacionada na Cisjordânia ocupada.

De acordo com a imprensa israelense, o Exército buscava o suposto agressor, em meio à intensificação da violência na Cisjordânia devido à guerra de Israel contra o Hamas na Faixa de Gaza.

O conflito eclodiu em 7 de outubro, quando comandos islamistas mataram 1.189 pessoas, a maioria civis, no sul de Israel, segundo um balanço da AFP baseado em dados oficiais israelenses.

Os combatentes do Hamas também fizeram 252 reféns. Israel afirma que 121 permanecem em Gaza, dos quais 37 teriam morrido.

Em resposta, Israel lançou uma ofensiva aérea e terrestre contra Gaza, que deixou ao menos 36.171 mortos, também em sua maioria civis, de acordo com o Ministério da Saúde do território governado pelo Hamas.

O movimento islamista comentou sobre o ataque perto de Nablus, dizendo que foi uma "resposta natural" aos "crimes do inimigo".

bur-gl/fio/eg/mas/ic/am/aa

Continua após a publicidade

© Agence France-Presse

Deixe seu comentário

Só para assinantes