Suécia deve rejeitar pedido de asilo de até 80 mil refugiados

A Suécia pretende expulsar entre 60 mil e 80 mil pessoas que em 2015 procuraram refúgio no país e que deverão ter o pedido de asilo rejeitado, anunciou hoje (27) o ministro do Interior, Anders Ygeman.

"Estamos falando de 60 mil pessoas, mas poderão chegar às 80 mil", calculou o ministro em declarações à imprensa sueca, explicando que o governo já sinalizou à polícia e ao gabinete de migrações para organizar a retirada das pessoas de forma gradual, com recurso a voos aéreos especiais.

Em 2015, 163 mil pessoas pediram asilo à Suécia, um país do Norte da Europa com cerca de 9,5 milhões de habitantes. Dos 58,8 mil casos analisados, as autoridades suecas aceitaram 55% dos pedidos.

A decisão da Suécia foi anunciada um dia depois de na Dinamarca o parlamento ter aprovado uma reforma da lei do asilo que prevê, entre outras medidas, o confisco de valores a migrantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos