Governador do Rio encerra primeiras sessões de quimioterapia contra linfoma

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, concluiu hoje (27) as primeiras sessões do tratamento quimioterápico contra um linfoma não-Hodgkin anaplásico de células T-Alk positivo, diagnosticado na última quinta-feira. As três aplicações foram no Hospital Pró-Cardíaco, na zona sul do Rio, onde continua internado, provavelmente até terça-feira (29).

Segundo a assessoria de imprensa do governo do estado, Pezão reagiu bem às primeiras três sessões para aplicação dos medicamentos, iniciadas na última sexta-feira. Agora, o governador terá 18 dias de repouso para que a medicação faça efeito. Os remédios foram injetados por meio de um catéter, implantado na altura da clavícula.

Os médicos responsáveis pelo tratamento explicaram, na última quinta-feira, que Pezão passará ainda por mais cinco a sete ciclos de 21 dias, sendo três dias de quimioterapia e 18 dias de descanso.

A nota do governo traz ainda uma fala breve do governador, que se licencia do cargo a partir de amanhã (28): "Estou bem. Agradeço, mais uma vez, as manifestações de carinho que tenho recebido e desejo a todos uma feliz Páscoa".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos