Grupo talibã reivindica atentado suicida no Paquistão

O grupo talibã Jamaat ul Ahrar reivindicou o atentado suicida de hoje (27), num parque público na cidade paquistanesa de Lahore, que provocou pelo menos 65 mortos e 290 feridos. As vítimas estavam comemorando o domingo de páscoa.

"Assumimos a responsabilidade do ataque contra os cristãos que celebravam a páscoa", afirmou o porta-voz do grupo islamita, Ehansullah Ehsan, ao diário paquistanês The Expresse Tribune, citado pela agência EFE.

A organização terrorista indicou que o atentado faz parte de uma série de operações batizadas de "Saut-ul-Raad" (a voz do trono), que deverão continuar ao longo de 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos