Morador de rua é agredido e tem 50% do corpo queimado em Salvador

Sayonara Moreno - Correspondente da Agência Brasil

Um homem em situação de rua, de 28 anos, teve 50% do corpo queimado após ser agredido por um grupo de pessoas, na madrugada de hoje (3), em Salvador. Ele foi queimado enquanto dormia embaixo de um dos viadutos da Avenida Paralela, uma das principais vias da cidade, no Centro Administrativo da Bahia.

De manhã, agentes da Polícia Civil visitaram a vítima, que foi atendida no Hospital Geral do Estado e colheram um depoimento preliminar do homem. Ele contou à polícia que dormia embaixo do viaduto e acordou  recebendo pauladas na cabeça e no rosto. Depois disso, os agressores grupo jogaram nele um líquido combustível. Ele disse que, então, desmaiou, só voltando à consciência com o corpo já em chamas.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada por pessoas que passavam pelo local e levou o homem para o hospital, onde continua internado. O hospital informou que não divulga boletim médico sobre nenhum paciente.

De acordo com a Polícia Civil, os agentes que visitaram o homem no hospital disseram que pés, mãos e abdômen foram as partes mais atingidas pelo fogo. O caso está na 11ª Delegacia de Polícia, no bairro Tancredo Neves, onde o delegado responsável dá andamento às investigações. Até o momento, nenhum agressor foi identificado e localizado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos