Equipes brasileiras finalizam preparação na reta final para a Olimpíada

Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil

Há exatamente um mês dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, atletas brasileiros estão na reta final da preparação e têm demonstrado bom desempenho em competições. As seleções masculinas de vôlei e polo aquático, além das meninas da ginástica artística são algumas das equipes em atividade a quatro semanas da abertura dos jogos.

As meninas da ginástica chegaram a duas finais em provas por conjunto do Berlim Master, na Alemanha. No último domingo (3), o time brasileiro, com Beatriz Pomini, Emanuelle Lima, Francielly Machado, Gabrielle Silva, Jéssica Maier e Morgana Gmach, somou 16,850 pontos nas cinco fitas e ficou em quarto lugar, à frente das fortes ucranianas. Já no arco e maças, o conjunto do Brasil fez 16,700 e ficou em quinto.

O time masculino de vôlei está classificado para a fase final da Liga Mundial. Um dos favoritos ao ouro olímpico, o time do técnico Bernardinho venceu a Bélgica (3 sets a 2) no último sábado (2) e a França (3 sets a 1) no último domingo. Até agora, a seleção brasileira conquistou oito vitórias em nove jogos. A fase final do torneio será em Cracóvia, na Polônia, entre os dias 13 a 17 de julho.

Depois do sétimo lugar na Super Final da Liga Mundial Masculina de Polo Aquático, encerrada no final de junho, a seleção brasileira segue para a Hungria. Lá, fará treinamentos antes de viajar à Sérvia, potência do esporte na atualidade, para participar de um torneio. "Na Liga Mundial vimos que a Austrália continua muito forte, os Estados Unidos manteve o bom nível que já tinha e o Japão cresceu. Temos ajustes a fazer e muito ainda a treinar", disse Ratko Rudic, treinador da equipe brasileira, em declaração divulgada pela Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos (CBDA).

Atletismo fecha equipe para a Olimpíada

O Brasil já sabe quem vestirá a camisa verde e amarela nas provas de atletismo no Estádio Olímpico Engenhão. O Troféu Brasil de Atletismo definiu as últimas vagas para os jogos. O Brasil terá um recorde de representantes do atletismo em Olimpíadas, com 66 atletas.

Fabiana Murer, já garantida nos jogos do Rio de Janeiro, foi destaque na competição. O maior nome do salto com vara brasileiro bateu o recorde sul-americano, que já lhe pertencia, com um salto de 4,87m. Se mantiver um desempenho parecido, as chances de Fabiana conquistar medalha são grandes. A norte-americana Jennifer Suhr foi campeã da modalidade na Olimpíada de Londres, em 2012, com a marca de 4,75m.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos