Mostra revela a relação de atletas com o esporte, além de treinos e competições

Paulo Virgílio -Repórter da Agência Brasil

Equipe de nado sincronizado na exposição Atletas de Corpo e Alma, do fotógrafo Gustavo Malheiros, no Centro Cultural da Justiça Federal, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro Tomaz Silva/Agência Brasil

A um mês da abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016,  a exposição Atletas de Corpo e Alma, inaugurada na noite de hoje (5), no Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), registra em imagens como é vital a relação de atletas e paratletas com o esporte. Nas fotos, o fotógrafo Gustavo Malheiros capturou momentos que vão além das rotinas de treinos e competições e são reveladores de que esporte e vida se fundem em um só caminho, para os que a ele se dedicam.

Integrante da programação oficial do FotoRio 2016, a mostra, com curadoria de Milton Guran, é a única desse grande evento anual de arte fotográfica da cidade com temática relacionada aos Jogos que o Rio vai sediar nos próximos meses de agosto e setembro. Medalhistas olímpicos e lendas do esporte brasileiro, como o judoca Flavio Canto, não foram os únicos captados pela lente de Malheiros nas 63 imagens que ocupam três salões do CCJF. Ao lado deles, estão paratletas e jovens em busca de um sonho, buscando com determinação vencer pelo esporte.

"A ideia surgiu a partir do livro que fiz com histórias de superação, mas eu quis para a mostra ampliar o número de modalidades, incluindo atletas e paratletas dos esportes aquáticos, que eu não tinha fotografado antes", explicou Gustavo Malheiros.  "Comecei em 2014 e nesses dois anos registrei momentos de todos os que tive chance de fotografar. Não consegui alguns atletas que tentei, como a Fabiana Murer [salto com vara], mas isso faz parte do trabalho", revelou.

Paratletas praticantes de esportes ainda não olímpicos também tiveram momentos registrados pelo fotógrafo, como é o caso do garoto Davi Teixeira, de 11 anos, que nasceu com má formação nos braços e pernas e supera as limitações para surfar e andar de skate. Outro é Jonas Letieri, que perdeu os dois antebraços e pratica o stand-up paddle com a ajuda de remos adaptados, em que argolas servem de encaixe para os braços.

Formado pela School of Visual Arts de Nova York, Gustavo Malheiros tem uma carreira fotográfica dedicada à publicidade, à moda e o segmento editorial. Já expôs em Nova York, Paris, Londres, Madrid, Turim e Hong Kong, além do Rio e São Paulo, e tem 13 livros publicados.

A exposição Atletas de Corpo e Alma fica em cartaz até 28 de agosto e pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 12h às 19h, com entrada franca. O Centro Cultural da Justiça Federal fica na Avenida Rio Branco, 241, na Cinelândia, centro do Rio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos