Polícia Federal quer prender acusados de furtar equipamentos de hospitais no Rio

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Policiais federais buscam hoje (26) cumprir 13 mandados de prisão preventiva contra acusados de roubar equipamentos médicos no Grande Rio. A 2ª Vara Federal Criminal de Niterói também expediu 28 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Queimados, Duque de Caxias e São João de Meriti.

Segundo a Polícia Federal, o grupo era especializado em furtar equipamentos de exames e procedimentos médicos como endoscopia, laparoscopia e doppler. Houve furtos em várias clínicas e hospitais públicos e privados.

Os aparelhos eram furtados sob encomenda. As investigações começaram em junho deste ano, depois que equipamentos foram subtraídos do Hospital Universitário Antônio Pedro, ligado à Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói.

Há suspeita de que os crimes ocorriam também em outros estados. Os acusados responderão por furto qualificado, receptação e organização criminosa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos