Vaticano abre arquivos sobre ditadura argentina

Da Agência Ansa

O Vaticano e a Conferência Episcopal Argentina anunciaram nessa terça-feira (25) que concluíram o processo de organização e digitalização dos arquivos do período da ditadura militar na Argentina, conservados pela instituição católica. A informação é da Agência Ansa.

Em comunicado conjunto, as duas entidades explicam como será feito o acesso dos interessados aos documentos. "Com base em um protocolo que será estabelecido em breve, poderão consultar os documentos as vítimas e os familiares diretos dos desaparecidos e detidos, além de religiosos e seus superiores".

A nota informa ainda que o processo foi feito "em conformidade com as decisões e as indicações do Santo Padre e representa o fim de um trabalho iniciado há anos pela Conferência Episcopal Argentina". O documento também ressalta que o trabalho "é um serviço à verdade, à justiça e à paz, continuando com o diálogo aberto para a cultura do encontro".

De acordo com o arcebispo de Buenos Aires, cardeal Mario Aurelio Poli, são cerca de 3 mil cartas escritas entre os anos de 1976 e 1983 que foram conservadas pela conferência. "Trata-se, na maior parte, de cartas dos familiares, sendo algumas com respostas a solicitações, com as comunicações que se faziam ao governo manifestando preocupações e pedindo pelas pessoas", disse Poli em entrevista em Buenos Aires.

Segundo o religioso, a etapa anunciada representa a conclusão dos trabalhos desenvolvido pelo Episcopado e "aprofundado em novembro de 2012, promovido então pelo cardeal Jorge Bergoglio". Depois que foi eleito papa, Francisco quis levar o trabalho adiante com a ajuda de outros organismos da Santa Sé.

"A Igreja não teme os arquivos porque eles conservam uma verdade histórica. Um serviço à pátria", afirmou o cardeal Poli.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos