PUBLICIDADE
Topo

Bloco infantil Emílias e Viscondes desfila na região central de São Paulo

Ludmilla Souza - Repórter da Agência Brasil

24/02/2017 15h52

O carnaval já começou para a criançada que esteve no bairro de Santa Cecília, região central de São Paulo, hoje (24). O bloco infantil Emílias e Viscondes, criado pela Biblioteca Monteiro Lobato em 2006, se concentrou na Praça Rotary onde estavam pequenos Viscondes, Narizinhos, Sacis, Pedrinhos e Emílias, personagens do Sítio do Picapau Amarelo. O tema deste ano foi "A Pílula Falante do Senhor Caramujo", que narra um dos momentos marcantes da história da Emília, quando a boneca de pano começa a falar. Cerca de 400 crianças desfilaram no bloco. Para os pais, o evento é diversão garantida com segurança. A psicóloga Gisele Garofalo trouxe pela primeira vez o filho Arthur, de 7 anos. "A gente precisa muito de eventos assim, com essa seriedade, organização, estrutura e segurança em São Paulo para as crianças se divertirem com consciência." Já Lucas Luciano dos Santos, de 7 anos, fantasiado de Pedrinho, promete que no ano que vem vai voltar. O irmão dele, Gabriel Dantas Mouro, de 8 anos, foi de Saci e também curtiu a folia.  A auxiliar de enfermagem Giuliana Garcia levou para o bloco suas "duas Emílias", a filha Olivia, de 1 ano e 4 meses, e Gabriela, de 6 anos. "É a nossa primeira experiência no bloco, e o primeiro carnaval da Olívia, estou gostando da organização." A vendedora autônoma Ivana Simões trouxe os três netos e elogiou o evento. "Maravilhosa a iniciativa e muito bem organizada." O Bloco das Emílias e Viscondes é organizado pelo Ponto de Cultura Espaço Arterial e tem como parceiros a Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato e as Escolas Estaduais Arthur Guimarães e Marina Cintra. A arte-educadora do ponto de cultura, Natália Magalhães, explicou que antes da folia o tema é trabalhado nas escolas parceiras. "Para o desfile do bloco, escolhemos o tema, vamos lá na escola, fazemos juntos os adereços e já ensaiamos com os alunos a música-tema do bloco, afinal o objetivo é levar para a escola todo esse conteúdo para ser trabalhando antes do carnaval", destacou.